sábado, 3 de dezembro de 2011

Cajazeiras ganhará centro de desintoxicação e reabilitação para dependentes químicos, em anexo a Clínica Santa Helena.

A cidade de cajazeiras já pode se alegrar, pois ganhará este tão necessário centro para tratamento das pessoas acometidas pela síndrome da dependência química adquirida CID:10 , este empreendimento é um projeto antigo idealizado pelo médico Dr. Pessoa que já atua no campo da demência mental há mais de 30 anos nesta cidade, sendo referenciado como um dos melhores psiquiatras do estado, onde atua tendo sua clínica referenciada por 30 municípios e 03 estados, clínica esta que já foi fechada pela irresponsabilidade de gestores perseguindo e por razões totalmente politicas, cortaram recursos, deixando de cadastrar junto ao ministério da saúde entre outras; a razão se daria por este ter um capital politico (voto) enorme pois sempre se manteve apesar de todos os percalços e dificuldade atendendo de forma humana todos que precisavam de sua medicina, e clínica.
Na ultima quinta feira reuniu-se a diretoria juntamente com representante da secretaria de sáude, secretaria esta que deu todo apoio necessário na pessoa de Dr. Pablo que teve carta branca por parte do gestor Carlos Rafael, que cobrou deste celeridade nesta implantação em observância a carência do serviço e a necessidade do mesmo, Carlos Rafael ainda frisou que seu desejo é ver estas pessoas que precisam e o procuram serem atendida por tal serviço, que inexiste em nossa região a novidade é que para tocar o projeto Dr. Pessoa nomeou seu genro o Administrador de Empresas Márcio Torres, que obteve notoriedade na defesa desta e de outras problemáticas este travou verdadeiras batalhas junto aos muitos setores da sociedade e entes públicos responsáveis, Márcio teve seu nome ventilado por conta destes e outros movimentos de cunho social que o mesmo abraçou, o povo reconhecendo seus esforços e suas boas qualidades o elegeram em enquete promovida na net como o melhor nome para vice de Carlos Rafael porém o mesmo agradeceu a lembrança e preferiu não comentar o assunto, dizendo que há tempo para falar e tempo para calar.
O mesmo se encontra em João Pessoa onde foi de encontro ao engenheiro e arquiteto Adailton Pessoa, para com esse desenvolver o projeto, junto a uma empresa de consultoria e certificadora em saúde mental (tipo ISO) este disse que fará tudo dentro da métrica imposta pela o ministério da saúde através de suas portarias e leis a respeito da reforma psiquiátrica este quando indagado sobre o excesso de cuidado frisou a clínica Santa Helena é hoje considerada acima dos padrões e referencia (expertise) em saúde mental e não aceitaria não ser assim reconhecida neste novo empreendimento, pois assevera que as pessoas acometidas por este mal (drogas) merecem simplesmente o melhor tratamento, pois sabe que estes e seus familiares já sofreram demais, e não seria a vontade de seu sogro e nem o seu pensamento oferecer nada menos que o melhor, a estes que precisam da terapêutica, Dr. Pessoa deu-lhe carta branca pois disse já não mais aguentar mães se jogarem aos seus pés para que este interne seus filhos.
Blogdofurao com assessoria

Diário Oficial deste sábado traz dispensa do delegado que agrediu jornalistas em CG

O Diário Oficial do Estado da Paraíba que circula neste sábado trouxe em primeira página do informativo oficial a portaria nº 908, dispensando o delegado de polícia Rodrigo Rego Pinheiro, que na última quarta-feira (30) ameaçou jornalistas nesta manhã na Central de Polícia de Campina Grande, durante a prisão do jorgador Marcelinho Paraíba.
O secretário da Segurança estadual Pública, Cláudio Lima, já havia confirmado ao ao ClickPB que a abertura de inquérito para apurar excessos do delegado, irmão de uma mulher que acusou o jogador Marcelinho Paraíba, 36, de estupro durante festa na granja do jogador, em Campina Grande.
O delegado Rodrigo do Rêgo Pinheiro, titular da delegacia do distrito de São José da Mata, em Campina Grande, ameaçou jornalistas, exibindo arma, e confessou que efetuou disparos na granja do jogador.
“Devia ter atirado na cara dele”, disse o delegado, que estava na festa promovida pelo jogador em sua granja e teria até pedido autógrafo a Marcelino Paraíba.
Clilson Júnior
ClickPB

Encerrada campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra A Mulher em Cajazeiras



A Prefeitura Municipal de Cajazeiras, através da Secretária Executiva de Políticas Públicas para as Mulheres, e o Centro de Defesa da Mulher Márcia Barbosa encerraram na manhã desta sexta-feira, 02, a Campanha “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra à Mulher”.

Com o lema “Da Paz no Lar, até a Paz no Mundo” e o slogan “Basta de Violência Contra a Mulher”, com exibição de filmes, panfletagem, oficinas, apresentações teatrais, debates e rodas de conversas em escolas, bairros e comunidades rurais, a campanha foi realizada em parceria com o Gabinete do Prefeito, Faculdade Santa Maria, CAASP, Fafic, Secretaria de Cidadania e Promoção Social, Secretaria de Saúde, Recid, Umac, Grupo Maria Esperança, Grupo Amigos do Peito, Associação das Antigas Alunas Irmãs Doroteias e CRAM Suzane Alves.

O encerramento foi feito na Praça Dom João da Mata, por traz da Prefeitura Municipal, pelo prefeito Carlos Rafael Medeiros de Sousa, secretário municipal de políticas públicas, José Anchieta César de Lima, secretária de executiva de políticas públicas para as mulheres, Laurecy Penaforte, demais secretários da administração e populares.

A programação foi encerrada com uma celebração da vida e da paz pelo fim da violência doméstica, a violência nas escolas e violência contra as mulheres idosas, apresentações culturais e um culto ecumênico.

Revista Época, parte II : Empresário reafirma denúncia contra governador da Paraíba.

Revista Época, parte II: Empresário reafirma denúncia contra governador da Paraíba







A revista Época em sua versão online, voltou a repercutir o escândalo dos livros, denunciado há três semanas pela revista e que envolve acusações contra o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). Nesta nova matéria a revista repercute que Daniel Gonçalves reafirmou, em depoimento na Assembleia Legislativa da Paraíba, que houve desvio de dinheiro da Prefeitura de João Pessoa para a campanha do governador.
Leia a matéria completa na Época.
Empresário reafirma denúncia contra governador da Paraíba
Em depoimento nesta quinta-feira (1º) na Assembleia Legislativa da Paraíba, o empresário Daniel Cosme Guimarães Gonçalves denunciou supostas irregularidades em contrato da Prefeitura de João Pessoa para a compra de livros didáticos. Segundo Gonçalves, a empresa da qual é dono, a New Life, venceu em 2010 uma licitação para fornecer livros para a rede de ensino municipal, mas não recebeu o pagamento, de R$ 2,3 milhões. O dinheiro, diz, foi desviado para a campanha de Ricardo Coutinho (PSB), atual governador da Paraíba e até março do ano passado prefeito da capital.
ÉPOCA revelou há três semanas a existência de um vídeo em que Daniel fez um relato dessas acusações. Na gravação, de 12 minutos, o empresário disse ainda que, entre os implicados na fraude, estariam Coriolano Coutinho, irmão do governador, seu “mentor em superfaturar e fazer caixa dois”, e Alexandre Urquiza, ex-chefe de gabinete de Ricardo Coutinho e atual secretário de Transparência Pública de João Pessoa.
A oposição ao governador na assembleia afirmou que acionará o Ministério Público, o Tribunal de Contas da União e a Controladoria- Geral da União para que as denúncias sejam investigadas. Coutinho nega as irregularidades.




RC


Doze minutos de denúncias
Um empresário vendeu R$ 2,3 milhões em livros para a prefeitura de João Pessoa. Em vídeo, ele diz que parte do dinheiro foi para a campanha do governador da Paraíba

ClickPB

CENAS FORTÍSSIMAS: DROGAS KROKODIL, A PIOR DROGA DO MUNDO.

Z




Uma droga barata, que está sendo consumida por um número cada vez maior de pessoas e tem efeitos colaterais bizarros. Essa é a krokodil (que em russo significa crocodilo), uma alternativa ao uso da heroína que está fazendo vítimas por toda a Rússia.

O nome vem de uma das consequências mais comuns ao uso, a pele da pessoa passa a ter um tom esverdeado e cheia de escamas, como a de um crocodilo. Ela é a desomorfina, um opióide 8 a 10 vezes mais potente que a morfina. O problema maior nesta droga russa é a maneira como o produto é feito.

O krokodil é feito a partir da codeína, um analgésico opióide que pode ser comprado em qualquer farmácia russa sem receita médica, assim como acontece com analgésicos mais fracos no Brasil. A pessoa sintetiza a droga em uma cozinha usando produtos como gasolina, solvente, ácido hidroclorídrico, iodo e fósforo vermelho, que é obtido de caixas de fósforo comuns, além dos comprimidos de codeína.

Logicamente nenhum destes ingredientes é ideal e o produto final não é nem um pouco puro, mas o resultado para o usuário é satisfatório. A consequência de se colocar tantos produtos químicos na veia é a irritação da pele, que com pouco tempo passa a ter uma aparência escamosa. A área onde o krokodil é injetado começa a gangrenar, depois a pele começa a cair até expor os músculos e ossos.

Casos de viciados precisando de amputação ou da limpeza de grandes áreas apodrecidas em seus corpos são cada vez mais comuns em salas de emergência dos hospitais daquele país. A dificuldade em se combater o uso desta droga está na pouca ajuda que o governo dá a centros de reabilitação e na grande facilidade na produção, afinal basta uma cozinha e o conhecimento de como se “cozinhar” o produto. Largar o krokodil pode ser uma tarefa extremamente difícil. A desintoxicação é muito lenta e o usuário sente náuseas e dores por até um mês, sendo que conseguir uma nova dose é muito fácil. Sequelas físicas e mentais do uso contínuo do krokodil podem ficar para sempre.

O krokodil pode acabar matando o usuário recorrente em mais ou menos 2 anos e são raros os casos de pessoas que se livraram do vício. A migração deles de uma droga para outra é explicada pelo valor da dose. Cada uso de heroína pode custar na Rússia 150 Dólares (270 Reais), já o krokodil custa em média 8 Dólares (aproximadamente 14 Reais). Um problema na alternativa mais barata é a duração dos efeitos, que são muito menores. Enquanto os efeitos da heroína podem durar 8 horas, o krokodil dura com sorte 90 minutos. Como produzir a droga leva mais ou menos uma hora, a pessoa passa a viver apenas para produzir e injetar.

No Brasil, a codeína é vendida apenas com receita médica, mas na Rússia o produto é o analgésico mais popular do país. Usada por praticamente a metade da população, ela é responsável por cerca de 25% do lucro de algumas farmácias. Por este motivo a indústria farmacêutica e os empresários do ramo lutam para que o governo não torne a droga restrita à venda com prescrição.

Outros países onde a codeína é vendida sem receita são o Canadá, Israel, Austrália, França e Japão. Neles existe um grande risco do krokodil se tornar uma epidemia como a que atinge atualmente a Rússia. Abaixo você verá dois vídeos mostrando os resultados nefastos do uso desta droga.


Fonte: CHAMADA GERAL DE PARNAÍBA

No dia do deficiente físico Vital revela suas ações em prol das pessoas com necessidades especiais


Para o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) o Dia Internacional do Deficiente Físico, comemorado neste sábado (03) é uma data onde devemos refletir sobre a importância de criar cada vez mais uma série de ações estratégicas em educação, saúde, inclusão social e acessibilidade que garanta a autonomia de pessoas com deficiência. O parlamentar destaca ainda algumas de suas ações em prol dos milhões de brasileiros que sofrem de alguma debilidade.
Segundo ele, o lançamento recente do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência ‘Viver Sem Limite’ pelo Governo Federal representa um investimento de R$ 7,6 bilhões até 2014, para ações que garantam melhor qualidade de vida para as pessoas com alguma necessidade especial. Vital garante que o plano visa promover a cidadania e fortalecer a participação na sociedade, como manda a Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, das Nações Unidas, ratificada pelo Brasil em 2009.
As obras de acessibilidade, feitas em parceria entre União, estados e municípios, terão R$ 4,1 bilhões. As 1,2 milhão de habitações para baixa renda do programa Minha Casa, Minha Vida 2, por exemplo, terão a possibilidade de adaptação por meio de kits que mudarão corredores, banheiros, quartos e cozinhas para permitir o uso por pessoas com deficiência. De acordo com o Censo de 2010, do Instituto Brasileiro de Estatísticas e Geografia (IBGE), 45,6 milhões de brasileiros (23,91%) possuem algum tipo de deficiência.
Recentemente o senador Vital do Rêgo apresentou um Projeto de Lei no Senado para assegurar prioridade aos portadores de deficiência física na Restituição do Imposto de Renda. O projeto altera o art. 13 da Lei nº 9250 de 26 de dezembro de 1995. Outra iniciativa do parlamentar neste âmbito trata-se da PEC garante a gratuidade na inscrição em concurso público ao candidato que comprovar a condição de deficiente físico e com renda inferior a dois salários mínimos. “Tais garantias servem para expressar por intermédio de políticas públicas consistentes ações que assegurem condições especiais para a inserção social do portador de deficiência de forma a reduzir ou eliminar as barreiras decorrentes da deficiência. Essas inciativas vem justamente para garantir os direitos dos deficientes”, disse o senador.
PAC e Copa serão acessíveis – Os investimentos de R$ 30 bilhões na infraestrutura de mobilidade urbana do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) e para a Copa de 2014 vão cumprir os requisitos de acessibilidade. Neste ponto um projeto de Lei de autoria de Vital do Rêgo que torna obrigatório a instalação de equipamentos de segurança e acessibilidade nas escadas rolantes, esteiras e rampas em condomínios de edifícios residências, comercias e públicos, vai servir de modelo para a Subcomissão Temporária para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada e a Paraolimpíada de 2016, ao qual é membro.
AACD - O senador peemedebista que é membro da Subcomissão Permanente de Promoção, Acompanhamento e Defesa da Saúde do Senado (CASSAUDE), lembrou que contribuiu em muito para Campina Grande ser a escolhida para a nova unidade, o reconhecimento dos diretores da AACD que visitaram a cidade recentemente e puderam observar fatores como uma excelente estrutura de Saúde da cidade, considerando Unidades Básicas, rede de atendimento e profissionais; a posição geográfica da cidade, localizada no centro do Estado da Paraíba e ponto de passagem na rota dos estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte; além da característica que a cidade tem de ser um polo desenvolvido de atendimento médico. “Hoje a cidade detêm 14,8% da sua população com algum tipo de deficiência. O objetivo da participação do prefeito Veneziano na edição deste ano reforçou o nome de Campina na escolha da cidade a AACD”, afirmou.
Educação – A igualdade de oportunidades para alunos com deficiência receberá do plano ‘Viver sem limites’ R$ 1,8 bilhão em investimento, com ações que vão do transporte escolar acessível à adequação arquitetônica de escolas públicas e instituições federais de ensino superior. Além de formar profissionais especializados, serão montadas novas salas de recursos multifuncionais nas escolas públicas, que usam tecnologia da informação para ajudar os estudantes a ter acesso ao conhecimento, e a atualização das já existentes.
Saúde – Os investimentos para a promoção da saúde e prevenção de causas de deficiências no plano serão da ordem de R$ 1,4 bilhão até 2014. Um sistema nacional para o monitoramento e a busca ativa da triagem neonatal vai incluir dois novos exames no teste do pezinho para a detecção da deficiência de biotinidase e da hiperplasia adrenal congênita. O reforço incluirá novos dez protocolos clínicos e diretrizes de várias patologias associadas à deficiência. E o fortalecimento na habilitação e reabilitação será acompanhado de mais equipes especializadas para o atendimento odontológico.
A ampliação do fornecimento e manutenção de órtese, prótese e meios auxiliares de locomoção passará de R$ 217,4 milhões por ano em 2011 para R$ 375,6 milhões por ano em 2014.
Para oferecer apoio para pessoas com deficiência em situação de risco, pobreza, abandono e isolamento, serão criados 27 Centros de Referência. Serão instituídos, também, cinco centros tecnológicos para a formação de treinadores e instrutores de cães-guias em todas as regiões do País. Atualmente, só existem dois instrutores qualificados no Brasil.

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Clubes da PB receberão R$ 1,4 milhão da União

Os principais clubes de futebol profissional da Paraíba (Campinense e Treze e Botafogo) deverão ser beneficiados, em 2012, com recursos federais da ordem total de R$ 1.400.000,00 para serem investidos na estruturação física de suas sedes com vistas à adequação das mesmas para o treinamento de suas categorias de base.
A verba está prevista em emenda de autoria da deputada federal Nilda Gondim (PMDB-PB) à Lei Orçamentária Anual da União para o exercício financeiro de 2012, e deverá ser distribuída da seguinte forma: R$ 500 mil para o Campinense, R$ 500 mil para o Treze e R$ 400 mil para o Botafogo.
Vinculada aos recursos orçamentários do Ministério do Esporte, a emenda, segundo Nilda Gondim, justifica-se pela necessidade de aplicação de recursos financeiros em projeto de Implantação e Modernização de Infraestrutura para Esporte Educacional, Recreativo e de Lazer no Estado da Paraíba. “O nosso objetivo, com esta emenda, é viabilizar a promoção de melhorias para a prática desportiva profissional na Paraíba por meio da descoberta e posterior capacitação de novos valores, como fazem os grandes clubes esportivos dos centros urbanos mais desenvolvidos do nosso País”, comentou a deputada em entrevista nesta sexta-feira (2).
Sobre a escolha do Campinense, Treze e Botafogo para serem beneficiados com os recursos previstos na emenda de sua autoria, a deputada Nilda Gondim disse tratar-se de três clubes de futebol profissional de grande importância no cenário esportivo paraibano e regional.
O Campinense tem 94 anos de existência, dos quais 56 anos apenas dedicados à prática do futebol profissional. O clube já coleciona 18 títulos estaduais, um Vice-Campeonato Brasileiro da Série B (título conquistado na década de 1970), e vários títulos de Torneios Regionais. Já o Treze (conhecido como “Galo da Borborema” por sua torcida e pela imprensa) possui 16 títulos estaduais e se destaca como o clube paraibano mais bem posicionado no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Quanto ao Botafogo, o clube é o mais tradicional da Capital paraibana. Fundado em 1931, o time congrega atualmente cerca de 80% da torcida pessoense.


Da Redação com Assessoria de Comunicação

Confira os 29 projetos culturais beneficiados pelo FUMINC; Investimento é de R$ 70 mil reais

A comissão responsável para selecionar os projetos beneficiados pela Lei de incentivo a Cultura da Prefeitura Municipal de Cajazeiras divulgou lista contendo os 29 projetos que serão contemplados com recursos do FUMINC.
O Edital foi lançado dia 18 de agosto e foi concluído no final de outubro recebendo 47 projetos. Foi disponibilizado recursos na ordem de R$ 70 mil reais que serão pagos em 4 parcelas, sendo a primeira em Janeiro de 2012.
Veja lista dos projetos do FUMINC:
XII FESTIVAL DE REPENTISTAS DE CAJAZEIRAS – GILMAR SOUSA DE OLIVEIRA – R$2.500,00
CAJAZEIRAS E A SÉTIMA ARTE – JANDUY ACENDINO CASSIMIRO DE ASSIS – R$2.400,00
MÃOS A OBRA – PEDRO SILVA – R$1.400,00
PARAÍSO DOS BICHOS – ELIOMAR PINHEIRO DE SOUSA – R$1.400,00
11º FENERD FESTIVAL NORDESTE DE DANÇA DE RUA – MICERLANIO SILVA – R$2.000,00
FEIRA DA SOLIDARIEDADE – AIRES HUMBERTO DE OLIVEIRA – R$2.200,00
FESTIVAL DA CANÇÃO DE CAJAZEIRAS – JOÃO DE ALMEIDA MARTINS – R$4.700,00
GUIA TURISTICO CULTURAL DE CAJAZEIRAS VIRTUAL – VANDUILA MANGUEIRA – R$1.000,00
FORRÓ PROCURANDO TU – JOSÉ TEODÓZIO – R$1.000,00
TRIBUTO AO HOMEM, ZÉ DO NORTE – ALEXANDRE B. ROLIM – R$2.600,00
TRIO JEITO NORDESTINO – DAMIÃO FRANCISCO DE SOUZA – R$1.000,00
SANFONA DE OURO – CIPRIANO MIGUEL PEREIRA – R$1.000,00
OS CIRINEUS DO CAMINHO – CENTRO ESPIRITA CIRINEUS – R$1.500,00
OFICINA DE ARTEZANATO. DESENHO, PINTURA E DANÇAS – FUNDAÇÃO LUIZ ANTÔNIO – R$1.200,00
NOS BRAÇOS DESSA VIOLA – JOSÉ EMÍLIO DE MORAES – R$2.000,00
PIROGRAFIA DO COTIDIANO – MARCÍLIO FERREIRA – R$1.300,00
O ROUXINOL – INÁCIA ILMA BRAGA BARBOSA – R$4.700,00
 ARTES VISUAIS – MARIA DE FÁTIMA MARTINS LIRA – R$1.200,00
MOSTRA ITINERANTE DE ARTEZANATO – GERALDA PEREIRA DE LIMA – R$1.000,00
ESCULTURA EM FERRO – ROMUALDO SILVA LOPES – R$2.000,00
PORTAL POSTAIS – MARIA ALCIONE DE SOUSA – R$2.000,00
III CONCERTO DE FIM DE ANO – JOCERLANDO ARAÚJO DE SOUZA – R$2.500,00
DANÇA DE RUA BAIRRO VERSOS BAIRROS – RONNI VON PEREIRA – R$2.000,00
ZÉ DO NORTE – 100 ANOS DE SODADE – AGUINALDO BATISTA ROLIM – R$2.000,00
NAS CELEBRAÇÕES DA VIDA A BANDA CABAÇAL – ELINALDO MENEZES – R$2.000,00
AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS CIA PROSCÊNIO ARTE SERTÃO – CIA PROSCÊNIO ARTE SERTÃO – R$3.000,00
AMOR, VERBO DE SE FAZER – CARLOS GILDEMAR PONTES – R$2.000,00
PAIXÃO DE CRISTO – KENEDY FERREIRA DE CARVALHO – R$4.000,00
RESGANTANDO A DIGNIDADE ATRAVÉS DA ARTE – AÇÃO SOCIAL DA DIOCESE DE CAJAZEIRAS – R$2.000,00 

Deputado Wilson Filho assegura recursos de R$ 300 mil reais para Cajazeiras


O deputado federal Wilson Filho mostrou sua preocupação com a problemática das drogas no estado da Paraíba. Segundo o jovem parlamentar, o problema é grave e precisa unir as forças para combater esse grande mal que toma conta do País.
Ocupando a vice-presidência da comissão de combate a droga, Wilson Filho tem realizado audiências em vários municípios no estado.
Wilson Filho afirmou que apresentará Projeto de Lei “Mega Sena de Combate às drogas” no sentido de conseguir recursos financeiros para investir no combate as drogas. “Isso é necessário já que para atuar no combate e prevenção contra as drogas é preciso ter recursos financeiros, e estamos buscando isso”, frisou o deputado.
O parlamentar revelou que ao lado do seu pai o ex-senador Wilson Santiago solicitou em Brasília a instalação de uma Delegacia da Policia Federal no município de Cajazeiras, já que é uma cidade fronteira com os estados do Ceará e Rio Grande do Norte.
Recurso para Cajazeiras
O deputado peemedebista confirmou que está destinando recurso na ordem de R$ 300 mil reais para compra de três tratores para o município de Cajazeiras.
O deputado esteve ao lado do prefeito Carlos Rafael nos estúdios da Difusora participando do programa Boca Quente parte 2.
Semi árido
Wilson Filho explicou como funcionará a zona do Semi Àrido do sertão cuja sede será na cidade de Cajazeiras. O projeto de Emenda Constitucional que visa intensificar a instalação de indústrias na região sertaneja oferecendo oportunidade de emprego para a população da região. O projeto está na CCJ e já na próxima semana estará sendo apreciada na Câmara Federal.
Redação Portal CZN
O deputado federal Wilson Filho mostrou sua preocupação com a problemática das drogas no estado da Paraíba. Segundo o jovem parlamentar, o problema é grave e precisa unir as forças para combater esse grande mal que toma conta do País.
Ocupando a vice-presidência da comissão de combate a droga, Wilson Filho tem realizado audiências em vários municípios no estado.
Wilson Filho afirmou que apresentará Projeto de Lei “Mega Sena de Combate às drogas” no sentido de conseguir recursos financeiros para investir no combate as drogas. “Isso é necessário já que para atuar no combate e prevenção contra as drogas é preciso ter recursos financeiros, e estamos buscando isso”, frisou o deputado.
O parlamentar revelou que ao lado do seu pai o ex-senador Wilson Santiago solicitou em Brasília a instalação de uma Delegacia da Policia Federal no município de Cajazeiras, já que é uma cidade fronteira com os estados do Ceará e Rio Grande do Norte.
Recurso para Cajazeiras
O deputado peemedebista confirmou que está destinando recurso na ordem de R$ 300 mil reais para compra de três tratores para o município de Cajazeiras.
O deputado esteve ao lado do prefeito Carlos Rafael nos estúdios da Difusora participando do programa Boca Quente parte 2.
Semi árido
Wilson Filho explicou como funcionará a zona do Semi Àrido do sertão cuja sede será na cidade de Cajazeiras. O projeto de Emenda Constitucional que visa intensificar a instalação de indústrias na região sertaneja oferecendo oportunidade de emprego para a população da região. O projeto está na CCJ e já na próxima semana estará sendo apreciada na Câmara Federal.
Redação Portal CZN

Prefeitura de Cajazeiras entrega premiação da campanha do IPTU 2011








O prefeito de Cajazeiras (PB), Carlos Rafael Medeiros de Sousa, comandou na manhã desta sexta-feira, dia 02, o sorteio da campanha do IPTU Premiado 2011, em frente à Prefeitura Municipal, com as presenças de secretários, líderes políticos e comunitários e contribuintes.

Como faz todos os anos, a administração municipal realizou o IPTU Premiado como forma de incentivar o pagamento por parte dos contribuintes e, consequentemente, aumentar a arrecadação para ser revertida em obras com recursos próprios.

A contribuinte Ivanilda Henrique Gonçalves, moradora da Rua Vicente Lins de Oliveira, 218, do bairro Santa Cecília, ganhou uma TV LCD, de 32 polegadas; outra TV LCD foi para o contribuinte José Epitácio de Abreu, da Rua Ernesto Rolim, 264, do Centro; já a senhora Francisca Moreira dos Santos, da Rua Francisco de Assis Finizola, 80, também do Centro da cidade, foi sorteada com uma moto Honda Titan 125, zero quilômetro.

Após a entrega da premiação do IPTU, o prefeito Carlos Rafael assinou em praça pública, o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos funcionários municipais da Saúde, aprovado no início da semana pela Câmara Municipal, realizando, assim, um antigo sonho da categoria, a exemplo dos servidores da Educação, contemplados recentemente com o seu PCCR.

Senador comenta que avanços no novo portal do MS amplia transparência sobre recursos da Saúde


Apoiador de 1 ª hora de iniciativas que melhorem a transparência nos órgãos públicos, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) destacou a boa funcionalidade do novo ‘Portal Saúde com Mais Transparência’ lançado esta semana que divulga desde o as transferências de recursos do Ministério da Saúde a estados e municípios, tanto por repasses diretos quanto por convênios, as licitações em curso e os planos e relatórios de gestão da União, dos estados e dos municípios.
O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), como membro da CASSAUDE – Subcomissão Permanente de Promoção, Acompanhamento e Defesa da Saúde, afirmou que o portal permite ao cidadão acompanhar como é gasto o dinheiro da saúde pública, reforçando o controle social sobre os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). “Na página eletrônica, é possível visualizar as transferências por bloco de financiamento, Atenção Básica, Assistência Farmacêutica, Gestão do SUS, Média e Alta Complexidade, Vigilância em Saúde e Investimento – desde 2005, mês a mês. Além da consulta online, é possível fazer download das planilhas”, disse.
A partir do primeiro trimestre do ano que vem, o portal trará também um extrato detalhado sobre a execução financeira, tornando públicos os pagamentos efetuados a determinado fornecedor ou prestador de serviços. Os dados serão divulgados mediante acordos já firmados entre com organizações financeiras como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.
Programas - Além do monitoramento das movimentações financeiras, o portal segundo Vital traz informações sobre programas do ministério e a infraestrutura de saúde no País, como a quantidade de equipes do programa Saúde da Família por município e o número de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de estabelecimentos do Farmácia Popular.

Pivô do mensalão, Marcos Valério é preso em BH

Empresário criava matrículas falsas de imóveis inexistentes para dar como garantia do pagamento de dívidas. Ele já responde na Justiça por corrupção

Cida Alves
O empresário Marcos Valério, pivô do escândalo do mensalão, em 2009 O empresário Marcos Valério, pivô do escândalo do mensalão, em 2009 (O empresário Marcos Valério, pivô do escândalo do mensalão, em 2009)
O empresário Marcos Valério foi preso na madrugada desta sexta-feira, em sua casa na região da Pampulha, em Belo Horizonte, na Operação Terra do Nunca, do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e da Polícia Civil. De acordo com informações dos promotores de Justiça da Bahia George Elias Gonçalves Pereira e Carlos André Milton Pereira, o empresário cometeu fraude documental e formação de quadrilha. Também foram presos três sócios de Valério: Ramon Cardoso, sócio na empresa SMP&B, e Francisco Castilho e Margareth Freitas, sócios na DNA Propaganda.
 
Segundo o MP-BA, Valério atuava em conjunto com advogados e oficiais de cartório na falsificação de documentos públicos, criando matrículas de imóveis inexistentes. Esses documentos eram entregues como garantia no pagamento de dívidas das empresas de Marcos Valério. As fraudes vieram à tona em 2005, quando foram iniciadas as investigações pela Polícia Civil, que envolvem dez inquéritos policiais.
 
Por uma estranha coincidência, neste mesmo ano foi revelado o envolvimento de Valério no esquema do mensalão, para pagamento de propina a parlamentares da base aliada do governo Lula. O empresário era operador do esquema e é réu na ação do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o caso. 
 
O advogado de defesa de Marcos Valério, Sérgio Leonardo, nega ligação direta entre a prisão desta sexta-feira e o processo do mensalão. "Acontece que desde que explodiu o mensalão, começaram a investigar todas as atividades que tenham uma suposta participação do Marcos Valério. E os assuntos relacionados a ele ganham um rigor maior por parte do judiciário", disse. 
 
Na operação, estão sendo cumpridos 23 mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão em Minas Gerais e nos municípios de Barreiras, Santa Maria da Vitória e São Desidério, no oeste baiano. Na Bahia, a operação é realizada com o apoio do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e, em Minas Gerais, com a participação do MP estadual e da Polícia Civil. Um avião do governo da Bahia deve levar os presos em Belo Horizonte para Salvador ainda nesta sexta-feira.
 
Defesa - O advogado de Marcos Valério, Sérgio Leonardo, disse que teve acesso apenas às informações preliminares da promotoria do caso. Mas adiantou que considera a prisão ilegal e desnecessária. Segundo ele, os papéis falso a que se refere o Ministério Público estariam relacionados a uma fraude contra o INSS.
 
"São papéis que, segundo a acusação, o Marcos Valério teria apresentado como garantia de pagamento de dívidas trabalhistas da DNA Propaganda", disse. "Há cerca de três anos ele foi chamado na Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais para prestar esclarecimento sobre o assunto, compareceu e negou seu envolvimento nessas acusações. Isso é assunto velho".
 
Mensalão - Marcos Valério é um dos 36 réus da ação penal 470, que trata do mensalão, maior escândalo da política recente do Brasil. O empresário foi operador e pivô do esquema, descoberto em 2005. Na ação que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), ele responde por formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e ativa, peculato, lavagem de dinheiro, delito de gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas. 
 
O esquema comandado por José Dirceu, então chefe da Casa Civil do governo Luiz Inácio Lula da Silva, consistia na compra de votos de deputados na Câmara Federal, para aprovar projetos do governo. Cada deputado custava cerca de 30 000 reais por mês. A fatura era paga com dinheiro público, desviado por um esquema criado por Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT, e por Marcos Valério.

MEC cancela mais 1.287 vagas no ensino superior

Decisão afeta cursos de serviço social, fonoaudiologia e educação física

O Ministério da Educação (MEC) anunciou nesta sexta-feira o cancelamento de 1.287 vagas* em cursos de serviço social, fonoaudiologia e educação física de 58 instituições de ensino superior de todo o Brasil. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU).
A lista com o nome das universidades, faculdades e centros universitários afetados pode ser confirada nas páginas 11, 12, 13 e 14 do DOU. O curso com maior número de vagas canceladas é o de educação física, com 1.024. Em seguida, serviço social (224) e fonoaudiologia (39). O MEC republicou também nesta quarta-feira a lista de cursos de fisioterapia punidos na quinta-feira.
Os cancelamentos fazem parte da política de fiscalização do ensino superior anunciada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, há cerca de duas semanas, quando foram apresentados os resultados do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2010. De acordo com o Índice Geral de Cursos (IGC), 683 instituições de ensino superior obtiveram desempenho considerado insuficiente, com conceitos 1 e 2. Das 2.176 instituições avaliadas, só 1,2% obteve conceito máximo: isso significa que apenas 27 universidades, faculdades ou centro universitários receberam nota 5.
De acordo com o levantamento, existem 594 cursos cuja qualidade é considerada insuficiente no Brasil. Eles obtiveram um Conceito Preliminar de Curso (CPC) entre 1 e 2. O CPC leva em conta indicadores como a titulação dos professores e a nota dos alunos no Enade. Os conceitos 1 e 2 são considerados insatisfatórios; 3 é razoável e 4 e 5, bons. Neste ano, foram avaliados 4.113 cursos. Cerca de 85% obtiveram desempenho satisfatório (notas 3, 4 e 5). Somente 57 cursos, ou 1,1% do total, são considerados de excelência: nota 5.
Diante dos resultados, o MEC afirmou que irá suspender até o fim do ano 50.000 vagas oferecidas por universidades, faculdades e centros universitários de baixa qualidade. A área da saúde tem sido alvo dos cortes: foram 7.291 vagas, sendo 514 em medicina, quase 4.000 nos cursos de farmácia, odontologia e enfermagem, além de 2.800 em biomedicina, fisioterapia e nutrição.
*Observação: anteriormente, a nota informava que eram 2.500 vagas em 136 instituição. Os números, contudo, incluíam anúncio anterior do MEC.

Senador Vital do Rêgo garante que tecnologia para o Pré-sal terá R$ 110 milhões

 
Autor do Substitutivo que estabelece um novo regime de partilha nos royalties do petróleo, beneficiando todos os estados brasileiros, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB),teve ontem (01) a confirmação por parte da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) que desenvolve tecnologias e produtos necessários à exploração do pré-sal a garantia da aprovação de 58 projetos de pesquisa em cooperação entre empresas e universidades para destinar R$ 110 milhões.

Segundo o senador, cerca de 25% do total dos recursos a fundo perdido, do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), serão usados em projetos relativos à segurança ambiental, com cerca de R$ 30 milhões em 14 propostas.

As propostas envolvem desde estudos de viabilidade de tecnologias para a detecção e monitoramento de vazamentos, como, por exemplo, pela técnica de diferencial de temperatura e por interferência química, até a construção de protótipos e o desenvolvimento dos sistemas, ou mesmo investigações sobre como viabilizar o aumento da segurança no transporte de fluidos, além de como dar sobrevida às estruturas que sofrem reparos eventuais.

Projetos - No segmento de tecnologias de prevenção, localização e reparo de vazamentos em equipamentos há, por exemplo, um scanner ultrassom submarino, operado por um robô de controle remoto, para inspeção de dutos offshore; e um sistema para centro de decisão orientado para monitoração ambiental de plataformas usando redes de sensores sem fio. A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) vai trabalhar com uma nova técnica para reparar dutos submarinos em águas profundas.

Exploração - O avanço tecnológico na exploração do pré-sal já pode ser sentido, de acordo com a Petrobras. A perfuração do primeiro poço demorou mais de 15 meses e custou US$ 240 milhões. Os mais recentes foram perfurados em 80 dias e custaram, em média, US$ 80 milhões. “Isso foi possível graças ao aprendizado no revestimento dos poços, melhorias na qualidade do fluido de perfuração, na concepção da geometria do poço e especificação das melhores brocas”, disse Vital.

Descoberta de petróleo de boa qualidade - A Petrobras anunciou na última quarta-feira (30) uma nova descoberta de petróleo de boa qualidade durante perfuração do poço Biguá, no bloco BM-S-8, em águas ultraprofundas do pré-sal da Bacia de Santos, a 270 km de distância da costa do Estado de São Paulo. A descoberta foi comprovada por meio de amostragem de petróleo de reservatórios de 5.380 metros de profundidade.


Senador comenta que avanços no novo portal do MS amplia transparência sobre recursos da Saúde



Apoiador de 1 ª hora de iniciativas que melhorem a transparência nos órgãos públicos, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) destacou a boa funcionalidade do novo ‘Portal Saúde com Mais Transparência’ lançado esta semana que divulga desde o as transferências de recursos do Ministério da Saúde a estados e municípios, tanto por repasses diretos quanto por convênios, as licitações em curso e os planos e relatórios de gestão da União, dos estados e dos municípios.

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), como membro da CASSAUDE – Subcomissão Permanente de Promoção, Acompanhamento e Defesa da Saúde, afirmou que o portal permite ao cidadão acompanhar como é gasto o dinheiro da saúde pública, reforçando o controle social sobre os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS). “Na página eletrônica, é possível visualizar as transferências por bloco de financiamento, Atenção Básica, Assistência Farmacêutica, Gestão do SUS, Média e Alta Complexidade, Vigilância em Saúde e Investimento - desde 2005, mês a mês. Além da consulta online, é possível fazer download das planilhas”, disse.

A partir do primeiro trimestre do ano que vem, o portal trará também um extrato detalhado sobre a execução financeira, tornando públicos os pagamentos efetuados a determinado fornecedor ou prestador de serviços. Os dados serão divulgados mediante acordos já firmados entre com organizações financeiras como a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil.

Programas - Além do monitoramento das movimentações financeiras, o portal segundo Vital traz informações sobre programas do ministério e a infraestrutura de saúde no País, como a quantidade de equipes do programa Saúde da Família por município e o número de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de estabelecimentos do Farmácia Popular.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Deputado Frei Anastácio apanha da polícia ao socorrer indios despejados


O deputado Frei Anastácio só não apanhou da polícia, hoje, porque os indios não deixaram, mas mesmo asssim teve o desconforto de ser agarrado pelo pescoço e ter os graços torcidos para trás.  O deputado se dirigia a Alhandra para socorrer indios que estavam sendo despejados do assentamento da reforma agrária João Gomes, quando três policiais motorizados o cercaram e o agrediram. Anastácio já comunicou o fato ao presidente da Assembléia e foi fazer exame de corpo de delito. E desabafou:
"Além de agredirem um parlamentar, os policiais também cometeram agressão contra um idoso, já que tenho 66 anos idade. Em toda minha luta, de quase 40 anos, nunca fui tão maltratado com força física pela PM, nem durante a ditadura militar eu passei por isso. Até mesmo quando fui preso, não passei por tanta humilhação”.
O deputado explicou que o fato aconteceu a 200 metros dos três lotes do assentamento da reforma agrária, João Gomes, que está ocupado por índios Tabajaras, desde o início do mês. Os lotes foram comprados pela cerâmica Elizabeth.

Vai dizer que foi emoção

O Senador Cássio Cunha Lima (PSDB) priorizou suas emendas individuais ao Orçamento 2012 para ações e programas de atendimento à Saúde e Assistência Social.
O valor total das emendas apresentadas pelo Senador à Comissão Mista de Orçamento do Congresso é de R$ 15 milhões. Os recursos foram divididos entre as cidades de João Pessoa e Campina Grande. Já os municípios do Sertão não foram lembrados nas emendas individuais de Cássio.
“Neste primeiro momento, o princípio que adotei foi apoiar programas voltados para a melhoria da qualidade de vida e inclusão social de milhares de paraibanos carentes e portadores de deficiência, programas estes que estão sendo executados na Paraíba por instituições acima de qualquer suspeita, como as APAE’s de João Pessoa e Campina Grande, a Casa do Menino e a Vila Vicentina, entre outras importantes instituições”, afirmou o senador.
Veja as instituições contempladas pelo político:
Hospitais filantrópicos
Cássio também garantiu prioridade para a melhoria das condições de infraestrutura e atenção especializada de quatro importantes hospitais do Estado: Hospital Napoleão Laureano (R$ 300 mil) e Hospital Padre Zé (R$ 300 mil) em João Pessoa e o Hospital Pedro I (R$ 300 mil) e da FAP (R$ 300 mil), em Campina Grande. “Estes recursos, nas mãos de gestores sérios e eficientes, irão reforçar o atendimento hospitalar público nas duas maiores cidades do estado que também são referenciadas para tratamento de saúde para dezenas de outras cidades paraibanas”, sustentou o senador tucano.
Assistência Social
Classificando como “imprescindível” o trabalho de Assistência Social, atualmente prestado no Estado da Paraíba por Instituições e Fundações sem fins lucrativos, o senador Cássio Cunha Lima priorizou R$ 2 milhões de reais em suas emendas individuais.
Estão previstos recursos para estruturação da rede de serviço de proteção social às crianças, idosos e pessoas portadoras de deficiência através da APAE/João Pessoa (R$ 200 mil), APAE/Campina Grande (R$ 300 mil), a Casa do Menino (R$ 200 mil), Escola Técnica Redentorista (R$ 300 mil), Instituto São Vicente de Paula – CG com (R$ 200 mil) e Vila Vicentina – JP (250 mil), Lar do Garoto (R$ 200 mil).
Blogdofurao com assessoria

Confira algumas ações de Vital do Rêgo para Cajazeiras

foto: Maura Mosquera
O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) tem se empenhado para incluir todos os 223 municípios paraibanos em ações e programas dos ministérios, que têm ampla base orçamentária para amparar grande parte das necessidades do estado. Além disso, o parlamentar – que atualmente preside a Comissão Mista de Orçamento – procurou cobrir as demandas da Paraíba, em toda sua extensão, na proposição de suas emendas individuais.

Emendas individuais acatadas no PLOA
  • Reforma e Ampliação de Aeroportos e Aeródromos de Interesse Estadual – Aeroporto Regional de Cajazeiras Pedro Vieira Moreira – No Estado da Paraíba;
  • Funcionamento das Universidades Federais – Campus de Cajazeiras – No Estado da Paraíba.
Emendas individuais propostas ao PPA
  • Duplicação de cerca de 356,6 km, entre Campina Grande e Cajazeiras, em continuidade ao trecho já duplicado no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC);
  • Revitalização e despoluição do Açude Grande, em Cajazeiras, e revitalização das áreas do entorno.
Outras ações viabilizadas pelo Senador
  • Instalação de academia no âmbito do Programa “Academia da Saúde”;
  • Construção de duas creches e de dois ginásios – na segunda etapa do Plano de Aceleração do Crescimento – PAC II;
  • Apresentei emendas aos créditos orçamentários para modernização do aeroporto. 2,5 milhões;
  • Repasse de recursos financeiros do Programa Saúde na Escola. O PSE visa a integração e articulação permanente da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida da população brasileira;
  • Implantação e modernização de infraestrutura para esporte recreativo e de lazer no município;
  • Solicitou ao Comandante do Exército que a Operação Pipa fosse restabelecida no município.
Na semana passada, Vital recebeu em seu gabinete o prefeito de Cajazeiras, Carlos Rafael. Durante a ocasião, o prefeito agradeceu as intervenções de Vital do Rêgo junto à prefeitura, que possibilitaram grande número de avanços ao desenvolvimento do município, desde o início do mandato.

Bandidos clonam cartões de clientes em Cajazeiras



bradescoDurante o final de semana uma quadrilha de estelionatários agiu na região de Cajazeiras provocando desconforto para vários clientes do banco Bradesco.
Os bandidos colocaram em um dos caixas eletrônicos da agencia de Cajazeiras, um aparelho ‘chupa-cabra’, que retém dados de clientes em caixas eletrônicos. As informações são armazenadas e utilizadas depois para clonar cartões de crédito. Além do equipamento, os bandidos instalaram câmeras de filmagens localizadas em pontos estratégicos para facilitar a visualização da digitação das senhas.
A ação dos estelionatários só foi percebida nesta quinta-feira(01), quando os clientes buscaram sacar dinheiro e perceberam que outros saques haviam sido feitos sem os seus consentimentos.
Ao procurar a agencia do Bradesco, as vitimas foram informadas que uma quadrilha do estado do Ceará agiu durante o fim de semana e conseguiu clonar vários cartões de clientes de Cajazeiras, tendo sacado os valores em uma agencia bancária no interior do Ceará.
O jornalista Gilberto Lira da Arapuan FM de Cajazeiras teve R$ 600,00 retirado de sua conta, já o  proprietário da empresa Placas Meireles, conhecido por “Fássis” teve R$ 500,00 roubado pela quadrilha.
O gerente do Bradesco tranqüilizou os clientes e garantiu que o banco irá repor os valores roubados, sem que estes tenham nenhum prejuízo.
Em novembro de 2010 uma quadrilha especializada foi presa na cidade de Ipaumirim-CE acusada de clonar cartões na região do Ceará e Paraíba.
Paraíba Aqui

Fátima Bernardes fica no "Jornal Nacional" até segunda-feira (5); Patrícia Poeta a substituirá

Fátima Bernardes anuncia sua saída do "Jornal Nacional"

 A apresentadora Fátima Bernardes sairá do "Jornal Nacional", anunciou a Rede Globo em coletiva realizada no Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (1/12/11). Patrícia Poeta, atualmente no Fantástico, substituirá a jornalista, que fica no jornal até a próxima segunda-feira, quando haverá uma edição especial. Renata Ceribelli assumirá o local de Patrícia no Fantástico AgNews
"O que está acontecendo aqui hoje remonta quatro anos, quando a Fátima Bernardes me procurou para falar sobre o projeto de um programa para apresentar na grade da Globo. E ela de fato queria investir no projeto porque, em 2009, ela foi mais incisiva: vamos marcar uma data?", contou Carlos Henrique Schroder, diretor geral de Jornalismo e Esporte da Rede Globo.
Eu pensava: Vou abrir mão de um produto que tem a maior audiência em telejornais para viver um sonho?? Mas agora estou com o coração leve e feliz.
Fátima Bernades, ao anunciar sua saída do "Jornal Nacional" (1/12/11)
Como 2010 seria um ano de Copa do Mundo e de Eleições Presidenciais, Shoreder pediu à Fátima que continuasse mais um ano na bancada do "JN". "Combinamos que, em abril deste ano, ela trouxesse o projeto pronto. E ela trouxe um projeto sensacional. O Octávio [Florisbal, diretor geral da Rede Globo] aprovou a ideia de levá-lo para a grade do ano que vem. Não diremos ainda o horário nem a periodicidade do programa", explicou.
Fátima Bernardes disse então que decidiu sair do “JN” quando percebeu que não estava conseguindo conciliar o novo projeto com o cargo de editora-executiva, que também será assumido por Patrícia Poeta. “Incomodava chegar tarde no jornal porque estava em alguma reunião do projeto”, justificou a jornalista.
Sobre a mudança, ela ainda disse que pensou muito antes de tomar qualquer decisão. “Eu pensava: ‘Vou abrir mão de um produto que tem a maior audiência em telejornais para viver um sonho?’, questionava-se. “Mas agora estou com o coração leve e feliz”, concluiu.
William Bonner, que continuará na bancada ao lado de Patrícia Poeta, confessou que em nenhum momento pensou em outra pessoa além da atual apresentadora do “Fantástico”. “Foi um alívio perceber que a minha resposta veio de imediato. O perfil da Patrícia era o que se encaixava no Jornal Nacional”.
Carlos Henrique Schroder explicou por que nem chegou a cogitar outros nomes, como o das jornalistas Renata Vasconcellos e Ana Paula Araújo, para ocupar o lugar de Fátima na bancada do "JN". "Olhamos todos os recursos da casa. Só não discutimos a possibilidade de avançar em outros nomes quando chegamos a um consenso. Afinal, eu, o Ali Kamel [diretor da Central Globo de Jornalismo] e o Bonner pensamos na Patrícia", afirmou Schroder.
No "JN" desta quinta-feira, Fátima e William vão anunciar que Fátima deixará a bancada do telejornal e será substituída por Patrícia Poeta. Na edição da próxima segunda, Fátima chamará Patrícia e passará o bastão para a colega. Na terça-feira, Patrícia Poeta assumirá efetivamente o lugar de Fátima. “Você vai receber um público extremamente carinhoso”, disse Fátima à Patrícia, que respondeu: “É uma honra saber que vou sentar na cadeira que foi ocupada por 14 anos pela jornalista mais querida do Brasil”.
Já no "Fantástico", Patrícia ainda apresentará a revista eletrônica por mais dois domingos. No dia 11, ela dará o lugar para Ceribelli, que assumirá de vez a apresentação do dominical. “Colocaram para mim o desafio de apresentar um dos melhores programas da TV brasileira. Estou muito feliz e pronta para encarar esse desafio”, disse Renata sobre o “Fantástico”.
RETROSPECTIVA
A jornalista Fátima Bernardes, de 49 anos, estava na bancada do Jornal “Nacional” --do qual também era editora-executiva -- desde 1998, ao lado do marido, o editor-chefe do programa, William Bonner. O casal assumiu a apresentação conjunta do jornal depois que Cid Moreira, Hilton Gomes, Sérgio Chapelin, Celso Freitas e Lilian Witte Fibe passaram pela bancada desde a estreia em 1969.


Foto 4 de 14 - Os apresentadores Fausto Silva e Fátima Bernardes no programa "Réveillon do Faustão" (14/12/1996) Divulgação
Fátima trabalhou primeiro como repórter do jornal carioca “O Globo” e então entrou na Rede Globo em 1987, após passar em um curso de telejornalismo da emissora. Seu primeiro trabalho no ar foi no extinto “RJTV 3ª edição”. Depois, a jornalista entrou no “Jornal da Globo” em 1989, no “Fantástico” em 1993 e no “Jornal Hoje” em 1996, antes de ficar no “Jornal Nacional” por 14 anos ao lado do marido.
O casal é pai dos trigêmeos Vinícius, Beatriz e Laura, nascidos em 1997. Durante o trabalho no “Jornal Nacional”, Fátima destacou-se na Copa de 2002, ano em que o Brasil foi pentacampeão. A jornalista foi eleita a “musa da seleção” pelos próprios jogadores.

Cajazeiras lembra “Dia Mundial de Luta Contra a AIDS” com caminhada e distribuição de preservativos










A cidade de Cajazeiras lembrou na manhã desta quinta-feira, 10 de dezembro, o “Dia Mundial de Luta Contra a AIDS” com uma caminhada pelas ruas do centro, distribuição de preservativos e ações de conscientização e prevenção.

A Secretaria Municipal de Saúde organizou também a distribuição de laços vermelhos, símbolo do combate à doença, transmitida através do contato direto de uma mucosa ou na corrente sanguinea com o HIV, tais como sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno.

A cada dia primeiro de dezembro acontece a comemoração do Dia Mundial de Luta Contra a Aids, estabelecida pela ONU, visando mobilizar a opinião pública sobre a gravidade da doença e amenizar o preconceito sofrido pelos portadores do HIV.

No Brasil, a data foi estabelecida desde 1988, a fim de alertar sobre as formas de transmissão a doença e  o avanço da mesma pelo país.

As ações do Ministério da Saúde no combate à Aids têm focado a população jovem, entre 15 e 24 anos. Segundo levantamentos da pasta, é neste público que a quantidade de registros da doença tem aumentado nos últimos anos.

SECOM, com fotos de Ângelo Lima

Juiz autoriza instalação de Sessão Eleitoral no Sítio Patamuté, na zona rural de Cajazeiras

O juiz da 42ª Zona Eleitoral da Comarca de Cajazeiras (PB) autorizou a instalação de uma sessão eleitoral na Escola Municipal de Ensino Infantil e Fundamental José Martins de Oliveira, situada no Sítio Patamuté, para atender aos eleitores do Patamuté, Fazenda Queimadas, Sítio Queimadas, Assentamento Mãe Rainha, Caldeirão dos Dias, Caldeirão dos Sousa, Logrador, Pedra do Urubu, Xique-Xique dos Limas, Barreiros, Baixio e Santo Onofre.
A solicitação foi feita pela Associação Comunitária Rural do Patamuté, sendo justificada pelo contingente de 247 eleitores cadastrados nas citadas localidades, que estão sendo convocados para, querendo, comparecerem ao Cartório Eleitoral, das 8 às 12 horas, munidos de documento de identidade e comprovante de endereço, original e cópia, para formularem seus pedidos de transferência para a nova unidade.
SECOM

Vital preocupado com a falta de investimentos da iniciativa privada na Paraíba

 
Direto de Brasília onde se encontra articulando a aprovação do Orçamento Geral da União (OGU) para o exercício de 2012, o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) disse que recebeu com preocupação os dados contidos da Rede Nacional de Informações sobre Investimentos (Renai), órgão do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), que fez um diagnóstico do Nordeste e mostrou que a Paraíba ainda está perdendo investimentos para outros estados da região, estando, portanto, carente de investimentos.

Segundo ele, com apenas US$ 347,5 milhões em volume de investimentos entre janeiro e outubro deste ano, a Paraíba é apenas o sétimo entre os nove estados do Nordeste no ranking de captação de investimentos privados. O Estado só ficou à frente de Alagoas e Sergipe, e com participação de 1,5% do total de US$ 23,6 bilhões de aportes recebidos pelos estados nordestinos este ano.

Vital disse que viu com preocupação a informação dando conta de que a Paraíba está perdendo investimentos para estados com indicadores econômicos menores, como Rio Grande do Norte e Piauí. Já a diferença com a Bahia, líder do ranking na região e quarto maior destino de captação no Brasil, é colossal. De janeiro a outubro, os baianos receberam US$ 10,5 bilhões, 44,6% de todo o aporte para a Região.

Nos dez meses de 2011, a Paraíba recebeu apenas três investimentos. O maior deles, a construção da fábrica de cimento da Brennand, que representa 98% do total, com um investimento de US$ 341,61 milhões, na cidade de Pitimbu, Litoral Sul. O outro é a implantação de um terminal para armazenagem de grãos da empresa de logística Top Log, em Cabedelo, que terá um montante de US$ 5,03 mi, enquanto a construção da nova sede da escola de idiomas Cenid, em Campina Grande, custou US$ 880 mil. “É um dado preocupante o que exige de todos os agentes públicos e da sociedade em si, um engajamento para mudar esse quadro”, apelou. Na condição de presidente da Comissão Mista do Orçamento (CMO), Vital disse que procurou fazer a sua parte, criando mecanismos que diminuam essas desigualdades.

A região Nordeste conforme observou o senador vive vários mundos diferentes e várias realidades. Ele lamentou o fato do vizinho estado de Pernambuco ter conquistado uma fábrica da Fiat bem como, mais um porto, enquanto que a Paraíba não avançou nesse campo. Para tentar recolocar o Estado no caminho do desenvolvimento, Vital disse que já apresentou várias propostas no Plano Plurianual (PPA 2012/2150), como a inclusão de um ramal da Transnordestina ligando Cabedelo a Cajazeiras; a estruturação e modernização do Porto de Cabedelo, a implantação de um porto de águas profundas entre outras.

Quem concorda com o posicionamento do senador paraibano é o coordenador-geral da Renai, Eduardo Celino, onde afirma que a quantidade de investimentos não tem relação direta com o tamanho da economia de cada Estado, mas com o clima para investimentos e a disposição das empresas em investir em determinadas regiões. “Os estados menores precisam se colocar em evidência aos olhos dos investidores, não podem se esconder. Por serem mais conhecidos, os estados do Centro-Sul recebem habitualmente mais investimentos”, analisa.

Eduardo Celino diz ainda que os grandes aportes de investimentos em estados como Bahia, Maranhão e Pernambuco são reflexo de um trabalho que eles vêm desenvolvendo para se colocar em evidência, já que “os investimentos não vêm por acaso”. O coordenador-geral lembra que, além da visibilidade, o Estado tem de apresentar propostas viáveis e vantajosas para as empresas, e que os incentivos fiscais e a capacitação da mão de obra são preponderantes na decisão. "É bom a Paraíba se preparar, pois o Brasil e o Nordeste entraram de vez na rota dos grandes investimentos da economia mundial ", apontou o coordenador.




quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Senado aprova em primeiro turno exigência de diploma para jornalista

Foram 65 votos a favor e 7 contra a proposta de emenda à Constituição.
Em 2009, STF decidiu que não é necessário diploma para jornalista.

O plenário do Senado aprovou em primeiro turno, por 65 votos a favor e 7 contrários, na tarde desta quarta (30), a proposta de emenda constitucional 33/2009 que estabelece a exigência do diploma de curso superior como requisito para o exercício da profissão de jornalista. Em 2009, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a exigência do diploma para jornalistas.
A emenda terá ainda de ser votada em segundo turno pelo plenário do Senado - não há data para essa votação. Se aprovada em segundo turno, vai para a Câmara dos Deputados, onde também terá de passar por dois turnos de votação. Se for modificada na Câmara, volta para nova apreciação do Senado.

Também sou estuprador

Tião Lucena


Também sou estuprador

Ando amedrontado com a possibilidade de ser preso como estuprador. É que tenho o hábito de beijar minha esposa quando saio para o trabalho, e isso, segundo a nova teoria policialesca da Paraíba, é estupro. Acho que vou fazer assim, quando me preparar para deixar a casa em demanda do trabalho:

-Dona Cacilda, posso lhe estuprar?

Se ela deixar, eu estupro, mas se fizer beicinho, vou mimbora com água na boca, só com a vontade e nada mais.

A continuar nessa pisada, mais dia menos dia o sujeito será considerado estuprador apenas pelo olhar. Basta botar uns olhos compridos para a distinta dama que passa para a Polícia meter as algemas no tarado e envia-lo direto ao Serrotão, desaguadouro da nova safra de estupradores paraibanos.

Não é exagero, meu considerado. Marcelinho Paraíba foi preso e levado ao Serrotão como estuprador porque beijou uma moça na boca. Beijo dado, diga-se, durante farra etílica na granja dele em Campina Grande.

À Polícia, a suposta vítima disse que não conhecia o suposto agressor. E eu fiquei matutando: Se não conhecia, o que diabos ela foi fazer na granja do desconhecido num meio de semana, altas horas da noite?

Coisa estranha, suspeitíssima.

Eu não freqüento lugar que não conheço. Tampouco me relaciono com desconhecidos. O bom senso manda que seja assim. Aos desconhecidos, no máximo dos máximos devemos oferecer um cumprimento fugaz, um bom dia ou uma boa noite.

E a moça, coitada, inexperiente demais, apenas 31 aninhos, formada em advocacia, portanto uma pessoa recém desmamada que não sabe nada de pecado ou pecador. De repente, aparece diante da Polícia, levada pelas mãos de um irmão delegado, para acusar uma pessoa pública e famosa de estupro. O leitor já deve estar sentindo por aí o cheiro da armação, o palco montado para ganhar manchetes, e, quem sabe, tirar alguma vantagem.

Será que esse circo teria funcionado se o beijoqueiro fosse o cobrador de ônibus da linha das Malvinas? Taí uma pergunta que eu gostaria de ver respondida pela ofendida dama.

A presepada foi maior ainda quando apareceu o enfurecido irmão agredindo jornalistas e exibindo armas na Central de Polícia. A mesma polícia que prestimosamente enviou ao Serrotão o perigoso tarado, sequer deu voz de prisão ao delegado valentão. Ficou tudo por isso mesmo, os jornalistas desmoralizados, apanhados e amedrontados.

Ainda bem que surgiu um juiz de respeito no meio dessa história, chamou o feito à ordem e mandou acabar com a palhaçada, determinando a soltura do jogador.

Pelo menos isso.